domingo, 10 de março de 2013

APENAS UM VIRALATA


APENAS UM VIRALATA

Um cãozinho Vira lata, Pequenino
Encostado na Calçada, tão Magrinho
Tão triste e Cabisbaixo, Choroso até
Não entende seu 
próprio abandono.

Queria ter ele alguém que o amasse
Que o afagasse e brincasse com ele
Que lhe desse carinho e amor
Queria ter ele uma linda família.

Seus olhinhos quase sem esperanças,
Queria ele que alguém o encontrasse
E como filho esse alguém lhe tratasse
Ele daria todo o seu imenso amor.

Seu rabinho nem balançava mais,
Queria ele ter uma casinha
Abrigo para o sol quente e o frio,
Também água limpa e uma comidinha.

Aquele cãozinho tão triste
Queria fazer parte de uma família
E a esse alguém ele muito agradeceria
E por toda sua vida ele o protegeria.

Como ele queria ser adotado
Fazer parte de uma família
Pular e brincar com alguém
E esquecer seu triste abandono.

ZauraLeyne

Um comentário:

  1. Nossa, que triste, porem real. Imagino que é assim que os animais de rua se sentem, tudo por culpa de humanos irresponsáveis.

    http://prioridadesfemininas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir