segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ENCANTOS DO AMOR.

Quando existe uma flor
primavera de encanto e sabor
um grande amor, uma flor
nossas vidas frágeis, coloridas.


Quando existe um beijo
sabor e pureza no ar,
existe na vida o amor
jeito natural de ser feliz.


Quando existem encontros
momentos de pureza e calor
incentivos do amor
existe primavera do amor em flor.


Quando existem saudades
vontade de abraços apertados
sol, natureza
renasce a vida e o amor.


Quando existe um homen e uma mulher
atração, sorrisos, cabelos ao vento, ao mar
grandes saudades, muitos beijos
existe um caminho, existe o amor.




ZAURALEYNE .....

A ESPERA DE UMA CARTA.



TANTOS SONHOS.



Te amei na frente do dia inesperado
te amei na certeza de que sempre te amarei
te amei desejando loucamente o teu amor
te amei, simplesmente te amei.


Sonhei estar sempre ao teu lado
dar-te meu amor sonhado,
sonhei ter todo o teu carinho
sermos felizes no dia sonhado.


Te perdi na frente da realidade da vida
te perdi para seres feliz com outra
te perdi como se perde tudo na vida
te perdi para teres a chance de ser feliz.


A mesma alegria não voltará
a esperança neste momento para longe se foi,
no abismo a paz procurou se esconder
e a felicidade novamente partiu.




ZAURALEYNE .....

ERRADO AMOR.



Errado amor,
o que é o amor?
Será dever, satisfação,
sentimento?
Ou quem sabe uma doença.
O amor errado nos destrói aos poucos,
mata devagar
é algo como a loucura
algo completamente descontrolado
fúria indomável.
Quando correspondido
o amor é doce, fraterno,
lindo, forte, frágil,
magnífico.
O amor muitas vezes é perseguido
anos e anos,
quando encontrado muitas vezes
é o amor errado.
Não há libertação
sofre-se intensamente,
chora-se,
um sentimento esmagador,
só quem amou erradamente
conhece essa tristeza e dor,
quando o amor não é correspondido.
Quando alguém se mata
dizem ser um covarde a menos,
porém se for por amor ferido
torna-se um herói a mais.
A história nos conta isso,
o importante no amor é como o
sentimos,
se for amor correspondido
teremos felicidades,
se for um amor errado,
paciência,
tente ser feliz ao seu modo.




ZAURALEYNE .....

EXISTÊNCIA DO AMOR.



És feliz porque te amo
és feliz porque sou teus sonhos
és feliz porque existo para ti.


Tua existência depende da minha
 se eu respiro tu também respiras
se nos amamos somos felizes.


Tens tudo de mim, tenho tudo de ti,
juntos seremos sempre felizes,
agora existe só nós
jamais seremos só eu ou só tu.


Existo para ti; sou teus sonhos
existes para mim; és minha vida meu tudo,
existimos um para o outro
somos felizes porque nos amamos, eternamente.




ZAURALEYNE .....

RECORDAR SAUDADES.



Tudo que é passado ainda existe
em qualquer hora se manifesta
doce saudade, amarga lembrança
o passado volta como recordação.


Saudades de um amor findado
lembranças de um adeus sentido
vontade de voltar ao começo.


O  passado sempre se fará presente no futuro
uma boa recordação, um pecado lembrado,
não importa a forma
saudades sempre existirão.


Saudades, magia de momentos
angústias que renascem
vontade contida de chorar.


Para sempre, em tudo
grandes recordações,
recordar até o que não houve
recordar, sempre recordar.




ZAURALEYNE .....

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PAIXÃO.



Bate forte a chuva lá fora
aqui dentro um mar de melancolia
minha alma não entende a razão desta paixão
paixão louca por ti.


Teu sorriso invade meu pensamento
corpo e alma, vontade de estar contigo
confesso, não tenho coragem de olhar
                                  nos teus olhos
temo que descubras este meu segredo.



Não seria original sair chamando por ti
mas é o que esta paixão me pede,
te sinto um pouco meu em nome
                   desta  loucura
e desta louca paixão por ti.


Não quero teus beijos
porém anseio por teus carinhos,
quero tua atenção, mas sem chamar
                                        atenção;
quero extravazar esta paixão em nome
                                      do amor.



Sinto-me feliz apaixonada por ti
quero sentir o pulsar do teu coração,
pegar em tuas mãos e dizer-te
como é gostoso estar apaixonada
                                    por ti.




ZAURALEYNE .....

EXISTÊNCIA.



Na ausência de tua presença
na existência de tua vida
divago perdida em ti.


Tua existência me faz feliz
porque me encontro em ti
teu nome, tua presença
teu carinho na ausência.


Tua presença é marca profunda
tua ausência, meu mundo de fantasias,
sonhos de primavera em flor
um mundo lindo para nós dois.


Tua ausência presente em minha vida,
mas na distancia estás ao meu lado
não tenho medo nem temo
porque te tenho como um lindo sonho
                                           dourado.


Coração batendo mais forte
reflete sonhos dourados
presença marcante de nós dois,
existência.




ZAURALEYNE .....

FELICIDADE PASSADA.



Sinto grande nostalgia ao lembrar
                      que fui feliz um dia,
fui feliz, sabia que era feliz,
tive tudo que muita gente jamais teve,
hoje recordo e tento me encontrar,
lêdo engano, como me encontrar.
Sinto que jamais verei o sol como
                             antigamente,
as estrelas, margaridas, copos de leite,
                    rosas, cravos, a lua e a
                               natureza.
Foi o tempo mais feliz de todos os tempos,
jamais cruzarei estes caminhos novamente
caminhos felizes, dourados,
amei e fui muito amada.
Hoje choro pela derrota inesperada,
talvez um dia no além do infinito
volte a encontrar tudo que me foi
             abruptamente tirado.
A felicidade que me foi tirada
                     brutalmente
talvez um dia, sim um dia
volte a ser meu presente,
talves um dia na eternidade.




ZAURALEYNE .....

SAUDADES.



Saudades que sinto agora
saudades das saudades que sentirei depois
saudades doces lembranças de tudo que
                           restou de nós dois.


Saudades, poesia e encantos
saudades que habitam minha alma serena
saudades que abrem meus lábios em sorrisos
saudades que muitas vezes enchem meus olhos
                                               de lágrimas.


Saudades, agora me fazes companhia
saudades sentirei depois
saudades desta saudade sentida,
saudades, lembranças de momentos
                 por nós vividos.


Saudades encantos de  ternuras lembradas
saudades, doces saudades.
Saudades que inebriam minha alma,
                        adormecem minha mente.


Saudades grandes momentos que envolveram
                               meus sonhos e fantasias,
Saudades para sempre quero guardá-las
                                       comigo
saudades, minha doce amiga e companheira.




ZAURALEYNE .....

CORAÇÃO E PAIXÃO.



Um coração que bate descompassado
uma saudade que invade meu corpo
uma ilusão que flutua no meu eu
um sonho de poder estar contigo.


Apenas  momentos claros
quimeras de um coração
paixão que devora e prende
teu rosto que vive em minha mente.


Paixão alucinante que queima
bocas e beijos,
corpos e sonhos se confundindo
uma chuva que nos acompanha.


Uma saudade, um momento
lembrarei que te quiz como a primavera
mil sonhos embalados com cuidado
mil flores e um coração descompassado.




ZAURALEYNE ....

ANJO!



Anjo,
se ficas triste
contigo sofro
se acaso sorri
por teu sorriso me alegro
se acaso choras
teu choro eu levo.
Anjo,
não quero ver-te triste
minha alma também entristece.
Anjo,
por favor um sorriso
para minha alma
que padece.




ZAURALEYNE .....

LOUCO QUERER.



Este teu cheiro forte e gostoso
cravou em mim, está comigo
embala meu adormecer
abre meus olhos no meio da noite
inebria minha alma
estou perdida a te querer.


Esta ânsia louca que me domina
teus olhos eu quero rever
teu corpo quero sentir ao meu lado
teus lábios quero beijar.


Um vento, muitos aromas
teu cheiro o vento me traz
faça-me feliz ao amanhecer;
sinto o impacto, sei que sou tua,
embora distante sou tua amada
nos meus sonhos embala meu adormecer.


Teu cheiro, minha alma
ânsia louca de te querer
um vento como brisa
embalo teu adormecer.



ZAURALEYNE ....

GOSTO DE TI.



O que eu gosto em ti
o que me encanta,
é teu cheiro forte que inebria minha alma
teu jeito sério e compenetrado de ser,
o ar malandro e despreocupado de um conquistador
                                                                 rejeitado,
é a ânsia que tens de viver com intensidade.
O que eu gosto em ti
não é tua experiência,
nem tampouco teus predicados
é o contrário.
O que eu gosto em ti
são teus disfarces,
teus medos,
tuas angústias.
O que eu gosto em ti
não é tua superioridade
mas sim teus devaneios,
teus loucos sonhos
até mesmo tua arrogância.
O que eu gosto em ti
as vezes nem eu posso explicar,
será teu sorriso malicioso
ao certo não sei,
mas tenho certeza
eu gosto de ti.




ZAURALEYNE .....

QUISERA EU.



Quisera eu
povoar teus sonhos como povoas os meus,
quisera eu
ser encantos para teus dias encantar,
quisera eu
possuir teus pensamentos para em tua mente morar,
quisera eu
ser a luz de teus olhos para ser a alegria de teu ver,
quisera eu
ser a musa de teus sonhos para em teu coração viver.
Quisera eu
povoar teus sonhos, encantar teus dias,
quisera eu
ser a eterna primavera, ser teu pensamento favorito,
quisera eu
ser a eternidade, luz de teus olhos, amanhecer,
quisera eu
desvendar teus segredos, embalar teu sono,
quisera eu
possuir a leveza da brisa e teu rosto tocar,
quisera eu
ser a lágrima de teus olhos e teu pranto consolar,
quisera eu
permanecer sempre em tua vida,
quisera eu
ser tua musa e teu talento inspirador,
quisera eu
ser tua amada e contigo ficar...




ZAURALEYNE .....

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

ESPERA DA FELICIDADE.



O sol que bate na janela de minha casa vazia
esquenta seu interior mas não entende
que meu coração treme de frio porque me encontro
                                                              sozinha,
sem você meu amor.


Eu digo para te tranquilizar,
ficas longe, mais tarde nos veremos,
temos uma vida inteira pela frente,
nesta vida que nos espera temos muito a estarmos
                                                                       juntos.


Mas amor,
é neste exato momento
em que a estrela da manhã nasce
que eu queria estar contigo.


Neste terno momento
em que milhões de particulas de orvalho estão
                                sendo desfeitas pelos raios do sol,
neste exato momento
eu queria sentir o teu calor, tua presença.


Restam apenas poucos minutos
os sonhos ficarão guardados em meu travesseiro,
no meu dia lembrar-me-ei enternecida de ti,
pensarei em nosso futuro distante e incerto e
                pedirei aos Deuses para que se torne
                                                          realidade.


Nossos anseios reprimidos
garantem-nos um amanhã cheio de felicidades,
lindo, sem decepções, puro, digno,
digno de ser vivido segundo a segundo com a
                sagacidade do amor pleno e verdadeiro.


Nosso amor será relidade
irão para longe os temores e as angustia,
espero por ti, sei que esperas por mim
e para sempre teremos a felicidade.


Unidos chegaremos ao nosso lugar
o lugar que sempre sonhamos,
unidos simplesmente pela certeza de que o amor
                                    ainda existe entre nós.
Pela certeza de que a felicidade viverá para
                      sempre junto a nós dois.




ZAURALEYNE .....

AMARGURA.



A chuva cai gostosamente
um vento de longe vem chegando
uma paz imensa,
em meu rosto reflexos de lágrimas de uma
              amargura constante que percebo que é
                                                      permanente.


Queria estar lá fora na chuva
molhar meu corpo com os pingos frios que caem,
confundir com o vento minhas angustias
e ficar para sempre com essa paz imensa.


Solidão não mais me assusta
perdoe-me,
mas prefiro esta solidão
esta penúmbra de noite solícita.


Guarde um pouco do seu amor para mim
chegues logo e vá embora com o vento,
quero ficar com esta solidão
para me proteger de suas traições.




ZAURALEYNE .....

PRECISO DE VOCÊ.

                                                                  


Relembro com saudades dos nossos momentos,
noites enluaradas sempre com nós, feito cumplice
                                            de nossos devaneios,
tantos beijos, um só corpo na relva macia de
                                             nossos sonhos.
Sinto-me desesperada,
sinto o peito apertado, um soluço sufocado
um grito que ficou no ar
nenhuma esperança a pairar.
Um mundo de desesperos
falta vontade de luta para seguir
falta o ar que respiro
falta você para me amar.
Tento seguir, meus passos param
de nada vale-me a vida
sinto-me na terrivel solidão
porque falta-me você  em meu caminho.
Foi Deus que colocou você na minha vida
devolvendo-me assim sonhos antigos,
sinto demais, porque estás tão longe
volte para mim eu preciso muito de você.




ZAURALEYNE .....

SONHOS, NADA MAIS.



Sonhos,
lindos sonhos que um dia alimentei na mais
             pura inocência de minha adolescência.
Sonhos,
lindos sonhos de felicidade eterna, recordo e sinto
             saudades, tudo ficou no passado, hoje em
             meu rosto pairam apenas sombras de tudo
             que sonhei.
Sonhos,
explêndidos sonhos de um dia ver se realizar as frases
             lindas de uma antiga canção de Bob Dylon que
             refletia tudo o que eu sentia.
Sonhos,
lindos sonhos que ficaram escondidos dentro de mim
             sem jamais terem conhecido a luz do sol.
Sonhos,
sonhos que continuam nas trevas passadas
             de minha solidão.
Sonhos,
maravilhosos sonhos que um dia eu enterrei
             junto com as desesperanças de minha vida.
Sonhos,
infinidades de sentimentos.
Sonhos,
quem não os teve um dia eternizando momentos
            de lutas, de garra pelo imposível.
Sonhos,
sonhos feitos de irrealidades perante a vida.
Sonhos,
poéticos sonhos que me transportavam ao
             mágico País de Oz.
Sonhos,
magníficos sonhos, muitas flores no campo
             misturando-se ao agreste de paisagens fantásticas
             que se desenrolavam a cada passo mais adiantado
             na sonolência do adormecer.
Sonhos,
intransferíveis sonhos que partiram para sempre
            deixando em seu lugar frustações, sentimentos de
            perda profunda do desconhecido que foi tão real
            em sonhos.
Sonhos,
contrato eterno de saudades de tudo o que foi sonhado
            e jamais realizado.
Sonhos,
adolescência findada, vida imposta duramente.
Sonhos,
somente sonhos,  nada mais.




ZAURALEYNE .....

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

ANTIGAS MEMÓRIA.



Repassando memórias antigas
cheguei mesmo a ver você
vestido azul, laço de fita
loiros cabelos e um sonho que ficou.


Menina ainda, mas tão meiga
cativou meu pobre coração
dando aos meus versos inspiração.


Do vestido azul e dos laços de fita
somente uma névoa restou,
do meu coração restou pedra
porque o atiras-te no chão.


Hoje ainda repasso
memórias que o tempo gravou,
e ainda resta espaço
para inspiração do que passou.




ZAURALEYNE .....

NÃO ME AMAS.



Vou embora amor
saibas que ainda te amo,
jamais alguém te explicará o quanto te amo
nasci para te amar, mas vou embora.


Ficarei loge de ti, nada adianta chorar,
vou embora, teu amor não é meu.
Se soubesse o quanto te amo
jamais me deixaria partir.


Se eu voltar será por ti
mesmo sabendo que não me amas,
pois te amar mesmo sem ser amada
para mim que te amo já é felicidade.




ZAURALEYNE .....

NEGROS MOMENTOS.



Negros são meus sonhos
quando comigo não estás,
negras são minhas horas
porque ao meu lado não estás.


Negros são os caminhos
negros são os pensamentos
negras são as torturaas
negros são os momentos.


Ao meu lado não caminhas
em mim não estás a pensar
e fazes com isso
meu coração sangrar.


São torturantes tuas indiferenças
me dó saber que não pensas em mim
porque em minha vida
só existe esse grande amor por ti.


Meus momentos são para ti
porque em mim existe um coração
que sofre e chora por ti
porque somente á ti eu sei amar.



ZAURALEYNE .....

PARABÉNS AMIGA.



Não crescemos juntas porém,
a mais de uma década estamos juntas,
nem ao menos tivemos os mesmos sonhos de menina
mas andamos lado a lado
em alguns dos tantos infortúnios da vida.


Trilhamos também
estradas floridas de muitas alegrias
onde vivemos muitos risos
como se fossemos apenas duas meninas.


Neste lindo dia quero te dizer
o  que muitos já te disseram,
porém querida amiga minha
são bem mais que simples palavras.


Há sentimentos e até nostalgias,
mas quero que neste dia
sejas mais que uma rainha
sejas a felicidade que contagia.


FELIZ ANIVERSÁRIO...
- minha maravilhosa e incrivel amiga,
que eu possa sempre te abraçar
no decorrer dos anos vindouros
neste maravilhoso dia.




ZAURALEYNE .....

LUA NUA.





Benvinda lua nua
que desnuda nossa nudez;
benvindo murmurios do vento
que dilui nossa lucidez;
benvindo o barulho das ondas do mar
que nos faz sentir prazer;
benvindo o amor que nos faz esquecer
que não temos tempo para nos envolver;
benvinda lua nua
que de tudo nos faz esquecer.




ZAURALEYNE .....

TEU NOME.



Teu nome tão amado
em meu coração escrevi,
são letras que amo tanto
que até de mim esqueci.


Teu nome sempre chamo
nas horas de abandono
porque somente tu entendes
a extenção desse louco amor.


Teu nome, és tu que eu tanto amo
que esqueços que já não estás aqui,
mas neste abandono
só em ti encontro acalento para meus sonhos.


Teu nome vivo chamando
sei que um dia escutarás,
sei também que voltarás
e para sempre comigo ficarás.




ZAURALEYNE .....

MEU PENSAMENTO.



No relógio marca 1:15hm,
noite estrelada
eu aqui na porta sentada
pensando em ti.


Sinto-me terrivelmente só
pois não o tenho ao meu lado,
nesta melancolia nem mesmo as estrelas
me fazem parar de pensar em ti.


Tudo fica frio e triste
só tua presença me dá sentido na vida
e mesmo nessa cruel amargura
só consigo pensar em ti.


Mais uma noite de insônia,
lembranças de teus abraços
os doces beijos apaixonados
dando vida as nossas vidas.


Ouço a calmaria da noite
tento me distrair olhando as estrelas
mas de nada adianta, tudo que faço
me faz  só pensar mais e mais em ti.




ZAURALEYNE .....

HORA DO FIM.



Pedaços de papel rasgados no chão
cartas de amor despedaçadas
fotos queimadas
e a angustia condenada.


Tudo foi terminado,
não restam mais cartas nem fotos
mas resta no peito a dor
o sofrimento de um amor findado.


Beijos e tormentos
estava na hora do fim,
mas minha alma grita
a ferida doída desse amor.


Tantos momentos para esquecer
minha alma fica a sofrer,
nem cartas nem fotos tenho agora
mas a dor não foi embora.


Tantos beijos, tanto amor
na lembrança adormecerão
e no peito essa dor sofrida
que durará por toda vida.




ZAURALEYNE .....

RESTOS.



O que me resta são apenas
sensações desertas
encontradas na desolação
na solidão desse quarto tão vazio.


O que me resta são apenas
soluços desencontrados
impregnados nas paredes desse quarto.


O que me resta são apenas
rostos vazios de sorrisos frios
abraços falsos e palavras tolas
agora, todos ecoando nas paredes desse quarto.


O que me resta é apenas
um pálido rosto pela dor transfigurado
desenhado no espelho desse quarto.


O que me resta são apenas
paixões do passado
fantasmas que passeiam
na solidão desse quarto.


O que me resta são apenas
sofrimentos pesados
na angustia desse quarto vazio.


O que me resta é apenas
um coração sangrando de dor
e o teu rosto por mim amado
estampado nas paredes desse quarto.


O que me resta são apenas
lágrimas choradas
que ecoam dentro desse quarto frio.


O que me resta são apenas
amarguras e desventuras,
o que me resta é apenas
a solidão e o vazio desse quarto.




ZAURALEYNE .....

TORMENTO.



De repente
o céu tão lindo e azul
rempeu-se;
dessa fenda saiu uma nuvem negra
entes que eu pudesse me abrigar
pousou sobre mim
enegrecendo-me de dor.
Meus caminhos tão claros
entrelaçaram-se de espinhos pontiagudos.
A magoa, tormento, e a dor
instalaram-se em minha alma,
nem as lágrimas conseguiram
lavar tanto sofrimento.
Meu corpo cansado,
enxovalhado, não encontrou abrigo.
Os espinhos cravaram fundo
destruindo para sempre meu mundo.
Meu corpo nos espinhos jogado
estraçalhado
pelo algoz furor do tormento.




ZAURALEYNE .....

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

SOFRIMENTO DE AMOR.



Uma imensa nuvem de tristeza
         pairou no ar de minha vida,
meus olhos se tornaram depósito
         de lágrimas sentidas e
em meu coração morreram as
         esperanças.


Tudo realmente mudou,
uma canção antiga ficou engasgada
            em minha garganta
nem ao menos pude recordar
             para cantar.


Tantos sonhos e nada mais existe,
te amo ainda, embora distante
mas a desesperança é total
embora ainda exista carinho.


Lágrimas rolam de meus olhos
deslizam em meu rosto cansado
marcado pelos sofrimentos vividos.


Marcado pela perda do teu amor
nada mais resta,
apenas um soluço sufocado no meu peito
muita tristeza em meu olhar,
e a unica certeza em meus caminhos incertos
é a certeza que sempre te amarei.



ZAURALEYNE .....

POR SER UM SONHO.



Por um sonho qualquer
é que eu serei tua
e que irás ser meu,
haverá uma forma
para que juntos possamos ficar.
Num sonho de ilusões
nossos corações estão a bailar,
num sonho de amor
nossos corpos irão se amar.
Irá haver uma forma
para que eu seja tua
para que tu sejas meu,
para que como em um sonho
juntos possamos ficar.




ZAURALEYNE .....

EM TI, EM MIM.



Cai a chuva mansamente lá fora,
penso em ti, penso em mim
quanto amor, quanto carinho.


És minha vida,
em minha alma passeias
lentamente de pézinhos descalços.


Em mim vives
sempre viverás
em ti sempre viverei.



Cai a chuva mansamente lá fora
aqui dentro o aconchego do nosso amor
a desenfreada malicia do querer.


Em mim este amor está
em ti este amor está
em nós este amor sempre viverá.




ZAURALEYNE .....

domingo, 9 de janeiro de 2011

VERGONHA DE TE AMAR.



Sou um passo de gigante
na calçada,
não quero ser marcada a ferro
pelas entregas felizes.


Vida e morte,
suor e sangue,
castelos de areia,
sonhos que surgirão.


Soluçei baixinho certa vez
           ( me recordo )
vergonha de expor sentimentos,
agora soluço bem alto e digo:
- cada dia que passa te amo mais, te amo por ti e por mim - .


Sou uma fortaleza
encantos ao luar,
luar prescrito em minha alma
alma voluntária.


Nunca mais soluçarei baixinho
não mais me envergonharei de te amar
porque me fiz gigante, fortaleza
somente para te amar.




ZAURALEYNE .....

TERNURAS E LEMBRANÇAS.



Ternura em meu coração crescendo
amor,
primavera em mim florescendo.
Negro véu que no infinito se distancia;
cultivado por desesperos, sofrimentos
hoje embalados
guardados em um baú.
Lembranças que hoje transformo
em amor eterno
neste calor transparente.
Ternuras e lembranças
motivos de grandes serenações
amor, paixão.
Flores que cultivo
sementes do desespero,
colheita do amor
tão clandestino
sofrido e esperado.




ZAURALEYNE .....

DESGOSTO.



Vai ao longe o entardecer
vem a noite
e com ela o cruel desgosto.


Não existe fortaleza
para a perda desse amor
tirania sem igual.


Ninguém pode entender
a dor desse desgosto,
esbraveja a alma.



Amor que se foi
choro fácil e dolorido,
iluminado amor que se foi.


Noite
de passagens negras
afugenta a paz.


Quantos degraus faltam
para o suicidio fatal do desgosto
causado por este cruel amor.




ZAURALEYNE .....

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

GOSTO DE VOCÊ.



Gosto de poesias porque lembram você
gosto dos meus momentos
porque os passo com você.
Gosto de tudo que é puro
e é puro meu amor por você,
gosto de musicas suaves
porque as danço com você,
assim como gosto do perfume das flores
porque elas me transmitem a paz.
Gosto do teu sorriso
porque nele existe o brilho do luar,
gosto do campo,
do encanto,
da vida,
da poesia.

Gosto de amar, 
gosto do luar,
gosto de sonhar,
gosto de você.




ZAURALEYNE .....

PERDI VOCÊ.



Olho, olho para tudo
não encontro você, mas
estás comigo, eu sinto
talvez seja o vento me dizendo
                      alguma coisa.


Paro e penso,
não vejo nada, mas sinto você
é algo além do vento, é um murmurio
                                     de você,
talvez saudades acumuladas por
                          distancias.



Não importa o tempo, importa você
no infinito as palavras se perdem
penso que perdi você,
talvez um dia as palavras  se encontrem
                       e renovem as vidas.


Paro, escuto, sinto você
penso, não quero parar de pensar.
Você é irreal, fantasia ou sonho
sonho de muitas madrugadas vazias.


Palavras esquecidas se encontram
renovam vidas, ternuras e momentos,
sorrisos ao vento, saudades hibernadas,
nada importa pois agora eu sei,
                       sei que perdi você.




ZAURALEYNE .....

ANTIGAS LEMBRANÇAS.



Em cada terno momento ficou a saudade
em cada presença marcada o passado,
um tempo que foi nosso
um sorriso relembrado que já passou.


As lembranças em tudo renascem
as transformações do presente estão em tudo
recordo porém todas as alegrias passadas.


Ternos encantamentos não voltarão
cada saudade guardada em mim está
cada palavra gravada em minha alma ficará,
saudades de nós dois nunca passará.


Os sonhos renascem nas lembranças
uma felicidade diferente que passou
e, em cada momento se eternizou.




ZAURALEYNE .....

SUAVE AMOR.



Sabor suave de primavera
encanto de sonhos e ilusões
saudade mansa e gostosa
te traz para perto do meu coração.


Sabor de ternura e encanto
macies de fios de esperança
doce seda tecendo o amor.


Encanto de lábios se movendo
sorriso lindo se fazendo
luz em teus olhos me envolvendo
na tragetória do amor.


Saudade se infiltrando em sentimentos
coração pulsando forte a esperar
esperar o som de tuas palavras.


O sol, a lua meu coração,
pensamentos distantes,
tua presença vem chegando
para meus dias e minha vida fortalecer.




ZAURALEYNE .....

PRIMEIRO BEIJO.



Lembras do nosso primeiro beijo
quanta loucura existiu nele
quanto desejo foi sufocado,
que momento lindo de ser lembrado.


Sinto ainda o sabor dos teus lábios
teu corpo suavemente esmagando o meu,
aquelas rosas jogadas no chão
nada importava a não ser nós dois.


Sei também que não esqueceste,
foram momentos tão lindos que marcaram;
nossos desejos foram extravazados
nossos corpos jogados, sufocados
                                                                 na ânsia do nosso amor.


Nosso primeiro beijo, caricias loucas
medo que o tempo acabasse,
mas ali estavamos nós
cansados mas felizes, pedindo tempo ao tempo,
acreditando somente em nós.


Jamais esqueceremos,
não podemos, nós nos amamos
sentimos ainda o primeiro beijo
hoje coroado por nossos desejos.




ZAURALEYNE .....

TUA LOUCURA.



De tudo estás despida
de sentimentos dores e pensamentos
de tudo estás esquecida.


No teu mundo de fantasias
fizeste teu grande refúgio,
de louca te chamam agora
mas não lembram teu sofrer de outrora.


De tudo esqueceste
em teu mundo doente tentas ser feliz,
louca maneira que encontraste
para esquecer os sofrimentos marcados.


Será que és feliz agora,
jamais alguém saberá,
sem passado, sem futuro, louca apenas,
em teu refugio e fantasia esqueceste agora
                                           tua triste vida.




ZAURALEYNE .....

PERDI TEU AMOR.



Saudades de ti eu sinto
teu amor não tenho,
amar-te é minha vida
mas por ti nãosou amada.


Nosso amor foi lindo
enquanto existiu
mas veio a realidade
e tudo agora se perdeu.


Foi iluão eu querer o teu amor
agora sinto-me triste e só
meu amor é todo teu
e a mais ninguém poderei amar.




ZAURALEYNE .....

SÓ RESTOU A SOLIDÃO.



Amor, neste mundo;
solidão
olha lá onde nasce o sol,
do céu que vem a chuva e creia-me
olhando o mar quebrar suas ondas enormes
                                       contra os rochedos,
sinto sim a brisa,
e sim te amo neste momento e sempre te
                                                    amarei.
Diante deste amor,
o sol,
não,
já nada mais existe,
você não está comigo e meus passos de
                        gigante de nada adiantaram.
Os desertos sim,
deixe,
já não posso  mais hoje,
inutil como caminhar passos sem fim,
simplesmente a paz,
não fale-me,
bem sei a paz que eu tinha,
entre ruinas,
na ruina pertenço.
Amor,
entre sorrisos restou a dor de um
                      sorriso amargo,
a fuga tornou fugitiva a paz que
                                     existia,
deixou amarguras;
de um grito restou apenas uma voz
                                cansada,
de um poema o poeta findou,
em pânico,
seus gritos meus lábios não os
                             transmitirtam
e,
ficou a solidão.




ZAURALEYNE .....

MARCAS E ALMA.



Marcas profundas assinalam a noite mal dormida
corpo cansado pelos pensamentos angustiantes,
alma deprimida sufoca uma tristeza chorada
desenganos que a vida ofereceu.


Melancolias do dia
preguiça do sol escondido sob as nuvens
um vento solto agonizando.


Alma poética
melancolicamente poética,
escuta ao longe os tristes acordes de um violão
tecendo em sonhos dourados o nome da
                                 da pessoa amada.


Marcas profundas ferem a alma
encobrem o brilho da leveza
desnudam ao vento a pureza.


Um olhar tão meigo ao infiito
um mudo pedido de compreensão,
desenganos fluindo, ao sol queimando,
vou embora, nem ao menos um adeus.




ZAURALEYNE .....

SENTIMENTOS.



Este momento de desprezo
nem mesmo eu consigo explicar a razão
porém me disponho a lutar,
lutar por uma batalha perdida.
Esta guerra está em minhas mãos
não posso sofrer essa decepção
não posso abandonar tudo e fugir.
Sei que batalhas perdidas não significam
              jamais derrotas definitivas.
No auge de um pensamento
pensamento extasiante,
no desespero de uma lágrima perdida
na calma de um sorriso falso,
em tudo me fiz presente
com um jeito ausente e naufragador.
Desci e subi morros,
enfrentei subitos vendavais
nos  varais eu me prendi,
das cercas sai ilesa;
hoje na muralha da vida
firo-me sem ter onde me ferir,
caio e me machuco;
a lentidão do vento derruba meus sentimentos
a chuva me cobre de lágrimas sangrentas
e assim tinge meu corpo e minha alma,
minha alma que não quer mais sofrer.




ZAURALEYNE .....

domingo, 2 de janeiro de 2011

CALADA DA NOITE.



Na calada da noite
vejo as luzes da cidade,
refletem elas a condição
de tudo que ainda sinto por ti.


Na calada da noite
meus sonhos se fazem teus
porque em meu mundo
sou tua e és meu.


As luzes da cidade
ampliam teu corpo em minha mente
porque não consigo
arrancá-lo do meu peito.


Nossa condição de amor nada mais é
que o reflexo de nossos corações
porque nosso sentimento é paixão,
é desejo desse ardente amor.


Na calada da noite
te encontro nos cantos escuros
porque o amor arde em nós dois
no prazer de tantos loucos encantos.




ZAURALEYNE .....

TE VEJO ASSIM.



Te vejo assim,
tão marcado pelo tempo
tão sofrido pelo amor
tão descrente de esperanças.


Te vejo como meu espelho
mas em mim não vejo as marcas
porque em meu coração ainda vive
a pequenina chave da esperança.


Te vejo tão sofrido
vejo meu sofrer também
porém as marcas do tempo
marcaram meu rosto também.


Te vejo assim sem esperança
me sinto naufragar nas lembranças,
não foi culpa tua nem minha
estas fortes cicatrizes de amor.


Te vejo assim tão desesperado
revelo meu desespero também,
lutamos tanto e não conseguimos
realizar nosso grande amor.




ZAURALEYNE .....

LOUCURA E LUCIDEZ.



Rondam meus olhos lágrimas escondidas,
dentro de mim a fragilidade do orvalho
sentimentos reprimidos debatendo-se
falta em mim a coragem de chorar.


Rondam meus olhos reprises antigas de um amor,
dentro de mim um coração despedaçado
a dor e a saudade de um passado,
verdades florindo e descobrindo tantas mentiras.


Rondam meus olhos cenas de desespero
fragilidade de tantos sentimentos,
covardia para enfrentar um amor
mentiras que o condenaram ao passado.


Rondam meus olhos somente cenas do passado,
entre filetes de lucidez da loucura constante
encontro nos encombros um resquisio de coragem
entre a loucura e a lucidez, choro e digo que ainda te amo.




ZAURALEYNE .....

CIUMES DO MEU AMOR.



Hoje sou revelação,
sou ódio sou rancor
sou mágoas sou cenas de horror
sou ciumes do meu amor.


Hoje sou crepúsculo do além
sou o dia que não vem
sou o cântaro sem água
sou ciumes do meu amor.


Hoje sou comédia
sou o espinho da rosa
sou choro cantado em prosa
sou ciumes do meu amor.


Hoje sou alma ferida
sou a partida da gloria
sou reprise de filme
sou ciumes do meu amor.


Hoje sou canto de dor
sou chama sem brilho
sou fada sem condão
sou ciumes do meu amor.


Hoje sou revelação,
sou ódio sou rancor
sou mágoas sou cenas de horror
sou ciumes do meu amor.




ZAURA LEYNE .....

sábado, 1 de janeiro de 2011

AMOR ARDENTE.



Um soluçar do tempo
anuncia o amor,
jamais alguém viveu
tanta paixão.


Amor
tão vivo e ardente
jamais se apagará.


Me encontrei em ti
em teus braços me perdi
e me achei em teu amor.


Teu grande amor
suave me embala na brisa
e a brisa morna toca meu corpo
                           trêmulo.


Sensação de abandono
força superior a rugir em meu intimo
força que me empurra para a vida.


Sorrisos, sonhos,
brisa, fogo e morte
tudo dentro de mim
harmoniza-se em total plenitude -
                       ( audaz e flutuante ).




ZAURALEYNE .....